As minhas previsões para os nomeados aos Óscares.

 

 

Se já é difícil prever os vencedores dos Óscares, tentar prever os nomeados é um exercício ainda mais tresloucado, mas este que vos escreve vive para vos entreter – quanto mais não seja dando uma desculpa para me chamarem todos os nomes possíveis amanhã. Assim sendo, vamos lá tentar entrar na mente dos votantes da Academia.

No que a nomeações gerais diz respeito, alguns filmes têm-se chegado à frente na corrida, como “Roma”, “A Star Is Born”, “BlacKkKlansman” ou “Green Book”. Mas, para este exercício, vou-me ficar pelas nomeações nas categorias “principais” – com a nota que, na categoria de Melhor Filme, vou apresentar 10 potenciais nomeados mas, dado o imprevisível sistema de votação nesta categoria, esse número pode reduzir até um mínimo de cinco.

Alguns prémios são rodeados de maior incerteza. O grego Yorgos Lanthimos é um potencial nomeado para Melhor Realizador, mas o impulso recente nos prémios dos sindicatos dos produtores e realizadores, dão a entender que deverá ser Peter Farrelly a levar a nomeação.

Nos prémios de atores, há uma forte possibilidade de Ethan Hawke (“ First Reformed”) receber a nomeação para Melhor Ator Principal, mas acredito que deverá ser John David Washington (“BlacKkKlansman”) a ser apontado ao prémio. Já para Melhor Atriz Principal, Emily Blunt (“Mary Poppins Returns”) é uma possibilidade, mas acredito que será a estreante Yalitza Aparicio (“Roma”) a receber a nomeação. Até porque há a forte possibilidade de Blunt ser antes nomeada para Melhor Atriz Secundária, por “The Good Place”.

Por fim, deve ser dito que, nos argumentos, a exclusão de certos textos dos prémios do sindicato dos argumentistas (devido a regras complicadas quanto à sua elegibilidade) lança alguma névoa nas nomeações – não é raro os Óscares irem noutras direções.

Dito isto, e sem mais demoras, aqui seguem as minhas primeiras previsões nesta caminhada para os Óscares:

 

Melhor Filme

“BlacKkKlansman”

“Black Panther”

“Bohemian Rhapsody”

“The Favourite”

“First Man”

“Green Book”

“If Beale Street Could Talk”

“Roma”

“A Star Is Born”

“Vice”

 

Melhor Realizador

Adam McKay (“Vice”)

Alfonso Cuaron (“Roma”)

Bradley Cooper (“A Star Is Born”)

Peter Farrelly (“Green Book”)

Spike Lee (“BlacKkKlansman”)

 

Melhor Ator Principal

Bradley Cooper (“A Star Is Born”)

Christian Bale (“Vice”)

John David Washington (“BlacKkKlansman”)

Rami Malek (“Bohemian Rhapsody”)

Viggo Mortensen (“Green Book”)

 

Melhor Atriz Principal

Glenn Close (“The Wife”)

Lady Gaga (“A Star Is Born”)

Melissa McCarthy (“Can You Ever Forgive Me?”)

Olivia Colman (“The Favourite”)

Yalitza Aparicio (“Roma”)

 

Melhor Ator Secundário

Adam Driver (“BlacKkKlansman”)

Mahershala Ali (“Green Book”)

Richard E. Grant (“Can You Ever Forgive Me?”)

Sam Elliott (“A Star Is Born”)

Timothee Chalamet (“Beautiful Boy”)

 

Melhor Atriz Secundária

Amy Adams (“Vice”)

Emma Stone (“The Favourite”)

Emily Blunt (“A Quiet Place”)

Rachel Weisz (“The Favourite”)

Regina King (“If Beale Street Could Talk”)

 

Melhor Argumento Adaptado

“BlacKkKlansman”

“Black Panther”

“Can You Ever Forgive Me?”

“If Beale Street Could Talk”

“Leave No Trace”

 

Melhor Argumento Original

“Eight Grade”

“The Favourite”

“Green Book”

“Roma”

“Vice”

 

Facebook Comments